museudamarioneta.pt
A A

Escolha de idioma

Pesquisa no site

Pesquisa

História

O Museu foi criado em 1987 pela Companhia de Marionetas de S. Lourenço que se dedicava à realização de espectáculos itinerantes pelo país e pelo estrangeiro.
Criou-se, assim, o primeiro espaço português dedicado à marioneta, desde a extinção do Teatro do Bairro Alto, em 1755, dando continuidade a uma tradição portuguesa de teatro e ópera.
A existência de uma tradição portuguesa de teatro e ópera de marionetas, muito importante na história do teatro europeu, representada pelo repertório histórico das óperas para marionetas de António José da Silva, o Judeu, e pelo repertório popular das inúmeras companhias ambulantes de bonecreiros que ao longo dos séculos percorreram o país,
A Companhia de S. Lourenço, fundado por José Alberto Gil, músico, e Helena Vaz, marionetista e artista plástica, angariou, fruto da sua actividade, diversos exemplares de marionetas que formaram o núcleo inicial do museu.


A degradação do imóvel em que se encontrava, a gestão privada do Museu e a falta de apoios ou subsídios institucionais tornou difícil a viabilidade económica e a manutenção de um projecto que, ao longo de 13 anos, representou Lisboa no circuito internacional da marioneta.
A importância do acervo e o facto de ser o único museu deste tipo em Portugal conduziu à celebração de um acordo entre a proprietária da colecção original e a Câmara Municipal de Lisboa, através da empresa municipal EGEAC, que permitiu a manutenção deste museu e a sua transferência, em 2001,  para um espaço que permite a sua fruição pública nas condições de dignidade que merece.

Em 2007/2008, o Museu da Marioneta sofreu obras de requalificação e ampliação, ao abrigo de uma candidatura ao POC-Programa Operacional de Cultura, que permitiu a criação de condições adequadas à realização de exposições e espectáculos, a ampliação do circuito expositivo permanente, a instalação da loja num novo espaço, maior e mais adequado ao acolhimento dos visitantes, entre outras beneficiações de carácter mais técnico.

Morada do museu

Convento das Bernardas - Rua da Esperança, n° 146, 1200-660 Lisboa | t +351 213 942 810 | f +351 213 942 819

Mais opções